Ainda Bem...

Porque há fogo em mim...
Ainda bem
Tenho você para acendê-lo
De forma terna
nas horas certas
De forma intensa
nas horas incertas.
Porque há fogo em nós
Ainda bem
na estrada, na vida
Seguimos entrelaçando nós.

A Janela

Da janela 
Seduzidos eles se viam
eram vistos
prédios, pessoas
se amavam
despertavam desejos
vontades
Na janela
suores, cheiros
eram vistos, adorados
embora loucos amantes
adormeciam namorados.

Sugar e ser sugado pelo amor



Sugar e ser sugado pelo amor
no mesmo instante boca milvalente
o corpo dois em um o gozo pleno
que não pertence a mim nem te pertence
um gozo de fusão difusa transfusão
o lamber o chupar e ser chupado
no mesmo espasmo
é tudo boca boca boca boca
sessenta e nove vezes boquilíngua. 

(Carlos Drummond de Andrade)

Seu Dom

Todas as vezes em que eu me sentir mal
Por algo sério ou banal
Você me encontrará
E me fará sorrir

Cada momento em que quis desistir
Quando vi tudo ruir
Você surgia enfim
E me contava
A velha história
Sobre alguém que nunca me esqueceu

Continuo sem resposta pra esse dom
De ler tão livre a minha mente e me fazer bem
Quando penso em nossa volta preciso saber
Entenderei suas palavras ?
Eu já terei suas respostas ?
Se é que tudo isso importa !?

Seu dom me traz medo e calma
Só escute minha alma

Alguma coisa me conforta em ver você
Então é só abrir a porta para eu entrar
Mas quando penso em nossa volta preciso saber
Entenderei suas palavras ?
Eu já terei suas respostas ?
Se é que tudo isso importa !?

Letra da Música Seu Dom da banda Cálix, rock progressivo, com lindas letras e melodias... Direto de Minas Gerais. Transformando em música meus sentimentos... Segue o vídeo, curta e viaje!!! Vale a Pena... Faça uma roda, chame o amigo Queirós, duendes, fadinhas e estrelinhas...

MIRAGENS - 4 Mãos

Um dia o oxigênio vai invadir seu peito.
Encher sua alma
e vai gritar para o mundo
qual é meu lugar, qual será meu ar?
qual será o meu par ou o que eu vou jantar?
mais do que paladar, preciso estar
Sempre atento para o que acontece.
esperando... Ou dá, ou desce!


Me esgueirando no sub mundo
lamento a saudade, sentimento profundo...
que gera uma força que só tem quem sofreu,
quem viveu, quem espalhou amor
quem viveu a vida... seja como for...
que leve consigo a delicadeza de uma flor
que traga consigo o verdadeiro amor...
que viva sem rancor, sem dor
mesmo que seja impossível
mesmo que seja passível
de um ser humano.

Palavras por Mim e Rodrigo Nogueira

O Porquê em Ouro Preto


Porque o sentimento
é fálico
Porque as imagens
são pálidas
Porque sensações
embora cálidas
Transformam vidas caóticas
Em estranhas sensações
de paz...
Velhas, Recentes, Inerentes,
Presentes!

Calmaria


 Tempo ameno
Sem palavras ao vento
Sem vento, ao menos
Mas com uma gritante tentação
Que silencia feito trovão
De desejo de você
De vontade de te ver
De solidão...
 
Palavras de Bruno Bezerra

Invisível





Te quero
mesmo que pareça impossível
Te quero
ainda que imprevisível
Te procuro
mesmo com seu jeito impassível
Porque quero e sinto
esse amor invisível

Para Mamãe! Saudades...



Eu carrego teu coração comigo
Dentro
Sinto tua alma comigo
No centro
Levo tua presença comigo
me guiando
pelo mundo adentro!

Te amo hoje e sempre!!!

A quatro Mãos

Palavras por mim e Rodrigo Nogueira

Era alta madrugada
era alta a solidão
abro um livro em suspiro
busco a foto no jornal
encontro palavras desconexas
que eu não preciso acreditar
mas que deixam em suspenso, algumas duvidas no ar
qual será o desejo, quando não se quer acordar...
qual será o ansejo, quando não se quer melhorar?
Não enxergo respostas, não sei o que procurar
não enxergo horizonte, não tenho onde caminhar.
o que me resta é a vontade de ser e estar.

Toque





Jamais toquei
um corpo como seu
e nem me toquei
que meu corpo
sempre fosse seu.

Sempre por Aqui

Google+ Followers

Números

© 'A Palavra Certa' - Todos os Direitos Reservados