Amor Epidérmico






E veio como chuva tempestiva

Passou pela pele e ficou
não secou.
Na derme,
no corpo,
como epidemia se alastrou

2 comentários:

Sempre por Aqui

Google+ Followers

Números

© 'A Palavra Certa' - Todos os Direitos Reservados