Vento


E o vento que soprava
não mudava
trazia os mesmos ares
lugares e sentidos.
E o vento que levava
era sempre leve
revele, releve.
Me leve com o vento
Acabe o tormento
da ventania,
do vendaval
que estremece
e cresce
no meu peito.

2 comentários:

  1. Oi Dani
    Gostei, de repente chego ai com o vento.
    Abração
    Rogério

    ResponderExcluir
  2. Que lindo desenho. É arte sua?
    Hehehe...beijocas!!!
    :-))

    ResponderExcluir

Sempre por Aqui

Google+ Followers

Números

© 'A Palavra Certa' - Todos os Direitos Reservados