Vazio


E quando
aquele vazio vulgar
se enche de sons,
prefiro escutar
o silêncio
que esvazia minha alma
mas me faz
respirar.
Grito! Sinto
e não quero mais voltar.
Me encho de vazios
sou imune ao frio
não me arrepio
mas posso
perceber o calor
que invade
esse lugar.

4 comentários:

  1. Esse seu texto me lembrou um coração quando se apaixona, Dani. Porque apesar de saber que é um órgão que bombeia vida, ainda o tenho como uma caixinha que se enche de emoções, durante a vida da gente. Ainda o "culpo"...rs. Gostei muito mesmo da poesia. Um beijo de bom domingo!

    ResponderExcluir
  2. " O vazio é um meio de transporte para quem tem coração cheio!" Paulinho Moska traduziu bem o vazio; ele leva nossa alma a bailar onde nosso corpo deseja estar.
    Primeira vez no seu b log. Amei. Abraços, ÍRIS

    ResponderExcluir
  3. " O vazio é um meio de transporte para quem tem coração cheio!" Paulinho Moska traduziu bem o vazio; ele leva nossa alma a bailar onde nosso corpo deseja estar.
    Primeira vez no seu b log. Amei. Abraços, ÍRIS

    ResponderExcluir
  4. " O vazio é um meio de transporte para quem tem coração cheio!" Paulinho Moska traduziu bem o vazio; ele leva nossa alma a bailar onde nosso corpo deseja estar.
    Primeira vez no seu b log. Amei. Abraços, ÍRIS

    ResponderExcluir

Sempre por Aqui

Google+ Followers

Números

© 'A Palavra Certa' - Todos os Direitos Reservados